quarta-feira, 23 de novembro de 2011

...E é assim que acontece




Cada vez que você chega
Cada vez que teus lábios me chamam
Que teus olhos me vêem
Desse jeito que só você sabe me ver
Desse jeito que eu só mostro pra você
É meu céu se iluminando depois um eclipse
O tempo não existe, nos despedimos hoje cedo e você chegou agora
Anula os dias e a saudade
Me enche de vontade de te amar e amar
De mergulhar em você como te sinto mergulhando em mim
Ahhhh e me invadindo, tomando os espaços e o ar
Me encanto fluindo... 
Vendo cada afluente de amor que nasce em mim deságuando em você
Me fazendo sentir tudo
Os ossos, a pele, o calor
Me fazendo ver tudo
Teus pelos e poros, teu cheiro teu toque
Minha dor, minha alegria minha doce agonia
Te amo te amar, teamoamar,  amoteamar, amo-te amar amor
Tem um prazer insano e indecifrável que me toma quando digo te amo
Tem a certeza de saber do amor
Do amor que ama por amar
De saber que eu o tenho comigo
E não importa quanto tempo esta breve vida exista
Eu existo porque existes comigo



Marcela Elizabeth